Aprenda Agora a Estampar Produtos Sem Sair de Casa

A Epson L355 NÃO é uma Impressora Sublimatica!

Olá meu nome é Nilton e este é o Portal Sublimático, ou melhor é o Portal Responde!

É muito importante você saber que Não temos em nosso Mercado uma Impressora Sublimatica original de Fábrica.

Vamos falar de impressora sublimatica? Mas é importante que você assista também o Portal Responde “O Retorno” parte 1 e o Portal Responde parte 2. Estamos a todo o vapor para 2015, diante do grande crescimento foi necessário uma reestruturação para começar o ano com a casa em ordem e o conteúdo informativo no gatilho,  teremos uma programação mais fixa no canal e postagens semanais do Portal Responde, vídeos mensais como o Dicas e PossibilidadesReviews e muitas novidades.

Será lançado em 2015 uma Nova Lista de Fornecedores, nesta lista teremos a classificação das empresas, informações que já estamos coletando com a todos os visitantes. É extremamente importante que você participe com sua experiência de compra, leva menos de 1 minuto, clique aqui para participar desta pesquisa e colaborar com esta poderosa ferramenta.

A proposta do Portal Responde é responder os comentários que chegam através do Portal compartilhando publicamente estas informações para que o maior número de pessoas possam acessar este conteúdo e compreender mais sobre este incrível processo que é a sublimação. Por este motivo, se a sua questão ainda não foi respondida, em breve ela certamente estará no Portal Responde.

Neste Portal RespondeJuliano de Oliveira levanta a questão sobre a L355 e a sua utilização para a sublimação, este comentário foi feito no artigo  EPSON participa da Febratex 2014 com as impressoras SureColor Série F. Recentemente em outro Portal Responde conversar mais sobre a Epson L355, e você pode acessar estas informações através deste artigo, clicando aqui.

É possível aplicar todo o conhecimento técnico do Curso de Manutenção da Epson T1110 em outros equipamentos de mesa Epson. O equipamento T1110 saiu de linha, mas as informações técnicas podem ser aplicadas em dezenas de outras impressoras Epson de mesa.

Gostaria de reforçar que a Epson L355 não é uma impressora sublimatica e sim uma impressora que está sendo utilizada para sublimação por conta da estrutura e cabeça de impressão que favorecem esta aplicação. Mas que fique claro que ela não foi criada e desenvolvida para este trabalho, o mercado está inserindo uma tinta paralela, ou seja, uma tinta que não é original do equipamento nos tanques de tinta e “transformando” o equipamento em uma impressora.

Neste caso a tinta sublimática é considerada uma tinta paralela, já que não é original do equipamento o que implica diretamente na garantia do produto/equipamento.

No final desde artigo mais informações sobre a garantia do produto, mas não deixe de procurar o Procon de sua cidade para informações sobre garantia legal, contratual e vício oculto, estas informações são importantes para você como consumidor e principalmente por ser consumidor de sublimação no Brasil!.

Neste artigo reunimos informações básicas sobre os tipos mais comuns de tinta para impressão jato de tinta. É importante que compreenda cada um deles, portanto clique aqui para acessar o artigo com estas informações.

Aproveito para falar sobre um outro assunto que é papel e tinta e a importância de saber calcular o custo de cada um deles. Compreenda como montar uma tabela e inserir nela não apenas os custos de papel e tinta, mas também de energia elétrica da sua prensa. Neste artigo você vai aprender a calcular o custo de papel e tinta e neste outro artigo você vai aprender a calcular o consumo de energia elétrica da sua prensa.

Na segunda parte deste Portal Responde vamos conversar mais um pouco sobre a L355, o comentário foi do Lori no artigo Portal Sublimático Informa – L210 ou L355 novas impressoras recomendadas para sublimação no formato A4 , neste artigo você pode visualizar um teste de impressão e algumas considerações sobre o equipamento.

A Epson deve lançar no ano que vem uma impressora sublimatica A3  com a tecnologia PrecisionCore, hoje ela possui apenas equipamento de grande formato com tinta sublimática de fábrica como a Epson F6070 e F7070 utilizadas em estamparias para a confecção de uniformes esportivos como neste vídeo, onde apresentamos e conversamos um pouco a respeito da sublimação total no mercado de uniformes e produtos para ciclistas 

As cabeças de impressão Epson

Em 1990, a Epson revolucionou o mercado de impressão ao lançar cabeças piezoelétricas. Em 2007, a fabricante introduziu a tecnologia MicroPiezo TFP (Thin Film Piezo), que aumentou a resolução e a velocidade das impressoras a jato de tinta.

PrecisionCore: nova geração de cabeças de impressão da Epson. Em 2013, a Epson apresentou uma nova geração de tecnologia de impressão, a PrecisionCore. Resultado de um investimento de 300 milhões de dólares e 10 anos de pesquisa, a novidade possui componentes com precisão micrométrica. Esses dispositivos dobram a potência de saída de tinta da peça.

 

Garantia e Informação para o consumidor

Para efetivar a proteção do consumidor, o CDC adotou a teoria do risco da atividade, pela qual o fornecedor responde independentemente de culpa (responsabilidade objetiva) pelas perdas e danos decorrentes de vícios e fatos do produto ou serviço.

Além da responsabilidade objetiva, da teoria do risco decorre a garantia legal a produtos e serviços em relação à vício do produto e do serviço de relações jurídicas de consumo.

Destaco que o CDC também prevê a existência da garantia contratual, a qual é contratada por escrito diretamente com o fornecedor (que não é obrigado a ofertar mas, em ofertando, tem o dever de cumprir), com preenchimento de termo escrito, podendo ser a mesma parcial (desde que clara e previamente especificado as limitações e restrições do direito de garantia).

Já a garantia legal,  existe independe de termo escrito, pois decorre do artigo de lei, consistindo numa garantia total, obrigatória, incondicional. Irrestringível, irrenunciável e inegociável.

O prazo para exercício de direito de garantia é de 30 (trinta) dias para produtos e serviços não-duráveis e 90 (noventa) dias para produtos e serviços duráveis a contar da efetiva entrega do produto ou término da execução do serviço, sendo que, em caso de vício oculto o prazo inicia do momento em que se evidenciar o mesmo.

Importante ressaltar que esses prazos são em relação ao vício, pois a indenização dos danos sofridos está sujeito ao prazo prescricional de 05 (cinco) anos.

O vício é inerente ao produto ou serviço ofertado e não um dano que ocorra em razão de ação ou omissão de culpa exclusiva do consumidor ou de terceiro, caso fortuito ou força maior, ou seja, o defeito apresentado surge do uso regular e razoável do produto ou serviço fornecido tal qual entregue pelo fornecedor.

Ainda, o vício do produto ou serviço não precisa ser oculto, sendo agasalhado pela garantia legal o vício de fácil constatação, cabendo para tal fim a análise casuística a luz da boa-fé objetiva e da razoabilidade.

Com o intuito de orientar fornecedores e consumidores quanto as linhas gerais do que consiste a garantia legal de produtos e serviços na relação de consumo, apresenta-se um quadro simplificado e algumas considerações importantes sobre cada espécie de garantia. Para mais informações entre em contato com o Procon de sua região!