Aprenda Agora a Estampar Produtos Sem Sair de Casa

Sublimação 3D – Introdução parte 1

DSC00266_ok

Desde o inicio do ano fala-se muito sobre este equipamento que já está bem conhecido fora do Brasil: Sublimação 3D. O processo é simples, mais como toda novidade exige um pouco mais do usuário, mesmo para os mais experientes em sublimação.

A sublimação 3D abre o leque de possibilidades e vai muito além dos objetos planos e cilindricos personalizados em prensas convencionais, este equipamento permite estampar objetos não planos graças a membrana de silicone extremamente resistente que envolve a peça durante o processo de personalização a quente.

Visualize a galeria com algumas fotos do equipamento

A máquina cria um vacuo para “prensar” a peça e gera também calor homogêneo que permite estampar uma infinidade de produtos como o centro ou a borda de um prato, cases de celular e tablet, pequenas xícaras, produtos que por serem menores, maiores ou com formatos variados nunca poderiam ser prensados em uma prensa convencional.

Visualize a galeria com o passo a passo para a prensagem de uma capinha de iphone

Sendo assim, a prensa 3D deixa de ser tão misteriosa e passa a ser um equipamento mais amigável. Embora um equipamento mais complicado para quem está inciando na sublimação, ele será um tendência daqui por diante. Simplesmente por personalizar capas de celular já pode ser considerado um ótimo investimento.

DSC00271_ok

Indicado para estampagem e personalização de praticamente todos os produtos para sublimação planos e não planos/curvos, cilindricos, cônicos e tridimencionais como capas de celular e tablet (sublimação localizada ou total) canecas, pratos, azulejos e peças com diâmetro menor ou maior como comedouros de gatos e cachorros ou qualquer outro produto especial para sublimação compatível com a área útil do equipamento (área de aprox. 30cm x 42cm). Permite a personalização de até 12 canecas de 325ml

Infelizmente para a prensagem desta gama/quantidade de produtos é necessário acessórios que nem sempre acompanham o equipamento.

digital_maquina3d

(em breve neste local um vídeo oficial de )

Alguns equipamentos podem incluir uma membrana extra para reposição, assim como toda a vedação além de mantas para canecas ou moldes para capas de celular. Neste caso capa modelo exige um molde diference como Iphone e Galaxy S2/S3/s4.

Visualize a galeria com o passo a passo de alguns produtos como pratos e copinhos

Os preços variam de 5 a 6mil reais, ainda um pouco salgado se comprado aos atuais equipamentos para sublimação. É claro que com a popularização em território nacional estes preços devem cair rapidamente, e acredito que teremos boas novas até o final de 2013.

Ainda não é possível encontrar muitos acessórios ou ferramentas, mais em breve inevitavelmente empresas especializadas em sublimação terão dezenas deles, uma variedade de celulares e tabletes, xícaras e tantas outras.

Visualize a galeria com o passo a passo de como trocar a membrana do equipamento

O Consumo é superior a uma prensa térmica manual A3 que possui em média 1800W contra 2800W da prensa 3D. Lembrando que um forno elétrico pode ter aproximadamente 5000W e um chuveiro pode alcançar até 7000W. Em breve postarei como calcular o custo de energia para adicionar esta importante informação em sua tabela de custos

Resumo da prensa/forno 3D

foto (1)

Área útil: 30 x 42 x 11 centímetros
Potência: 2800W
Tensão: 110V – 220v
Tamanho da máquina: 47  x 59  x 29 centímetros
Até Aquecimento: 1300W
Abaixo Aquecimento: 1300W
Bomba de vácuo: 150W
Max vácuo:-640mmHg
Fluxo de vácuo: 33L/min

Perguntas mais frequentes

P: A impressão passa a ficar diferente.

R: 1) Verifique o medidor de vácuo, se a pressão de vácuo atinge 600 mmHg /.

Se a pressão não chegar  a esse número, é possível que haja vazamento. Então, verifique a faixa de vácuo, certificando-se que a mesma esteja bem fechada.

R: 2) Verifique os conectores do tubo, se há alguma folga ou fuga de ar.

P: E se a operação automática falhou, incluindo aspiração de ar, extração e contagem regressiva?

R: Ajustar a distância entre a placa do vácuo com uma chave.

Recomenda-se que a distância seja de 3 mm, pois a força de sucção da bomba de vácuo será fraca se a distância for muito grande.

P: E se o som está anormal e a máquina não funciona normalmente?

R: 1) Abra a tampa da caixa de força traseira e verificar se há algum ar escapando na bomba de vácuo. Se sim, vede-a.

R: 2) Verifique se há água no filtro de ar. A água deve ser descartada e do núcleo do filtro deve ser substituído periodicamente.

P: A máquina não para de aquecer e não há aumento da temperatura.

R: Verifique se o interruptor de aquecimento foi ligado e os indicadores no ecrã estão piscando. Se não, ligue o interruptor.

P: Há grande diferença entre a temperatura da prensa e a temperatura real?

R: 1) O superaquecimento dentro de até 40 graus Celsius na parte externa é aceitável ;

R: 2) Verifique se o ventilador de refrigeração por baixo da placa de circuito funciona normalmente. Se encontrar algum dano, substitua o ventilador.

R: 3) A máquina é projetada com circuito duplo para controle de temperatura, mantendo a temperatura do forno interno abaixo de 250°Celsius, ou a máquina deixará de aquecer.

nilton-01