HomeEmpreendedorismoComo calcular o Lucro real dos meus produtos?
Smiley face

Como calcular o Lucro real dos meus produtos?

Lucro Real - BICAN

Lucro Real - BICAN - LiguesiteFonte da Imagem – www.liguesite.com.br

Já falamos um pouco sobre como calcular o custo para estampar seus produtos. Agora, vamos conversar sobre o que é o Lucro Real.

É comum, diante de alguns cálculos imaginar que é possível ter um lucro real de 100% para seus produtos.

Mas saiba que isso é algo que “arrepia os cabelos” dos especialista em finanças e estratégias de negócios.

Para termos uma opinião profissional, o Henrique Croisfelts, Professor, Consultor de Finanças e Empreendedorismo e fundador do BICan – Método de Análise de Negócios, compartilhou conosco uma aula rápida sobre o 100% de Lucro.

Acredite, nesta breve aula você vai descobrir muitas informações que irão apontar muitas informações que você pode não estar vendo em seu negócio.

Vamos lá?

[adrotate banner=”16″]

Lucro Real e Expectativas Imaginárias

Projetar um “lucro real” para a venda de um único produto é algo que podemos chamar no mínimo de perigoso, até porque, na prática, é algo impossível!

Existem outros fatores que devem ser levados em consideração para esse cálculo.

Quando fazemos a conta de baixo para cima, quer dizer, pegando o preço que pagamos em um produto e aplicando sobre ele nossa margem de lucro, podemos cair em grandes armadilhas.

Vamos utilizar um exemplo mais próximo de nossa realidade.

Imagine que você comprou uma camiseta por R$ 10,00 e vai vendê-la por R$ 30,00.

Se você imagina que estará tendo um lucro real de 100% sobre o produto e um cliente te pede um desconto de 50% para uma boa quantidade, precisando desencalhar o estoque, você pode imaginar que seria algo bom a se fazer, correto?

Mas vamos fazer as contas…

Seu preço de venda é R$ 30,00. Concedendo um desconto de 50% para seu cliente, esse preço cairia para R$ 15,00, além disso tem impostos, comissão, venda no cartão e antecipação, que, dependendo de como você vender vai te custar mais uns R$ 3,00.

Quer dizer que recebeu R$ 15,00, dos quais são “limpos” apenas R$ 12,00, mas ainda teve o custo de R$ 10,00 só da camiseta, então agora “sobram” apenas R$ 2,00.

Mas espere… você teve que imprimir a arte e estampar a camiseta.

Lembre-se que já falamos sobre Como calcular o consumo de energia e o Consumo de tinta e papel.

Clique Aqui para ver como Calcular o Consumo de Tinta e Papel.

Clicando Aqui você poderá ver como Calcular o Consumo de Energia de seus equipamentos.

Imagino que depois que você calculou o consumo de tinta, papel e energia elétrica você tenha verificado que seu investimento foi de R$ 3,00.

Mas seu produto possui uma embalagem que você pagou R$ 1,00.

Além disso, você tem aluguel, água, luz, internet, contador, propaganda, tarifas bancárias, café, transporte, funcionários, pró-labores, perdas de produção com uma impressão que saiu errada ou na hora de prensar algo saiu errado na camiseta, etc, etc, etc …

Diz pra mim, cadê o lucro? No caso acima, que é muito comum de acontecer, a pessoa “pagou pra trabalhar”.

Lucro Real - BICAN

Fonte da Imagem: http://educacaofinanceiraparatodos.com/

Lucro Real e Margem de Contribuição

Muita gente confunde o que é LUCRO com a MARGEM de CONTRIBUIÇÃO e isto gera muitos problemas para a empresa conseguir ter sucesso!

Lucro é o que sobra limpo depois de pagar todas as despesas da empresa, MARGEM de CONTRIBUIÇÃO é o que sobra depois que foram pagos os custos de reposição do produto que foi vendido.

“Ah, (poderão dizer) mas eu não vou repor mais o que não vale a pena!”.

De qualquer forma, os custos do produto, embalagem e transporte já foram pagos e os custos de impostos, comissão, descontos, cartão de crédito, antecipação ainda vão morder mais uma parte do dinheiro até que sobre algo no caixa!

É com a MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO de cada venda feita, que vai sendo somada a cada venda, que você vai pagar os custos fixos, isto é, pró-labore, funcionários, aluguel, etc.

Só depois disso é que se pode falar em lucro!

Para ter lucro, além de ter uma boa margem de contribuição é preciso ter um bom volume de vendas todos os meses.

Caso contrário, mesmo que sua empresa tenha boas margens, se tiver poucas vendas também não vai ter lucro!

Neste link você pode ver mais sobre a Contabilidade dos Custos na Sublimação.

Quando você faz a contabilidade de seus Custos Fixos você vai começar a projetar o quanto cada produto contribui para que esses Custos sejam cobertos.

Nesse momento você começa a ter a Visão Geral de seu negócio e não somente a impressão errada que a venda está mantendo seu negócio.

Análise Completa de seu Negócio

Talvez o erro mais comum de novos empreendedores é ver as contas da empresas como suas próprias contas pessoais.

Sem essa separação, seu negócio se torna um cabo de guerra onde a emergência sempre sai ganhando.

Se sua impressora tem problemas você cobre o custo do concerto. Se o seu carro fura um pneu você precisa comprar outro…

Quando o dinheiro começa a sair do mesmo lugar sem nenhum controle, uma hora ele vai faltar e você não saberá o porquê.

Por isso, uma das principais decisões que precisa tomar é definir o seu pró-labore.

Definir o “quando será o seu salário” lembrando que sua empresa também precisa de uma reserva para ser saudável e fazer seus próprios investimentos.

Dessa forma, se a impressora tiver um problema quem vai pagar é o seu negócio.

Se o pneu de seu carro furar, é do seu salário que sairá o valor para comprar um novo.

Para ter uma análise completa de seu negócio, o Henrique que é mentor de Startups e Selecionador e Facilitador do Seminário Empretec desenvolveu uma ferramenta chamada BICan.

O Bican é um software de análise de negócios onde, de forma instintiva, você coloca as informações da sua empresa e ele irá mostrar, de forma real, se sua empresa está no caminho certo, sem te deixar correr o risco de cálculos errados e que estejam escondendo a realidade do seu negócio.

Clique Aqui e conheça o BICan e como ele poderá ajudar a tomar as melhores decisões para o seu negócio.

Sucesso e Até Mais.

Nenhum comentário

deixe um comentário